Sangatsu No Lion


Título: Sangatsu No Lion / Studio: shaft  / Gênero: Seinen, Slice of Life / Episódios: 44 / Ano: 2016-2018 / Nota: 5 / 5

sangatsu-no-lion-thumbSangatsu no Lion (3-gatsu no Lion ou March Comes in Like a Lion) é um Anime Seinen baseado no mangá de Chica Umino, a mesma mangaka de Hachimitsu to Clover (Honey & Clover). O pano de fundo da estória é o Shogi, um jogo de tabuleiro japonês que se assemelha ao nosso xadrez; e o anime se desenvolve através da relação entre Kiriyama Rei e a família Kawamoto, composta por três irmãs (e um vovô super legal), e do desenvolvimento deles ao longo da trama, principalmente do Rei e da Hina. Arrisco-me a falar que o Shogi aqui é usado como analogia aos conflitos e ao crescimento dos personagens, e você não precisa entender do jogo para assistir e amar essa obra.

Kiriyama Rei é o quinto jogador de Shogi ainda estudante do ensino médio a se tornar profissional. Seu passado é sofrido, seu pai era jogador de Shogi e morreu junto a família num acidente de carro, assim Rei foi incorporado à família de um dos amigos do pai, que também é formada por jogadores de Shogi. O pai adotivo de Rei passa a dar mais atenção a ele devido a sua aptidão ao Shogi, e isso causa conflitos familiares. Assim, Rei decide sair da casa e viver sozinho. Mais adiante ele conhece as irmãs Kawamoto – Akira, Hinata e Momo -, e elas, apesar de um passado também sofrido, acolhem e dão “vida” ao Rei.

Sangatsu-no-Lion-anime-imagen-promocional-730x770Diante os acontecimentos, são tratadas várias facetas de nossos comportamentos, a exemplo do medo que consome o Rei em se relacionar com os Kawamoto, por ser um rapaz solitário; a pressão que sofre dentro do meio profissional e como consegue se reerguer e vencer, e mesmo assim não desprezar seus adversários, ao contrário, passar a aprender com eles; o reconhecimento de que não é o único que sofre a medida em que se aprofunda no cotidiano dos amigos. Mas há um arco que eu considero o mais importante, ou pelo menos o mais reflexivo, que é o do bullying sobre Hina.

A Hina é uma menina muito alegre e pura, mas sofre bullying na escola, algo muito comum no Japão. E neste anime isso é tratado de forma séria, assim como causa repúdio e o faz clamar por justiça, também aquece seu coração. A maneira como o professor substituto e a Hina lidam com isso deve ser incentivo para muita gente mundo afora. É nesse arco também que o Kiriyama enxerga seu papel como um ser social e se faz mais determinado.

O grande mérito do anime é o casamento entre o enredo e a arte, há uma construção perfeita entre os acontecimentos e a animação em si, as cores trabalhadas, a trilha sonora imersiva, tudo feito de forma muito delicada para no encantar. Há, principalmente, metáforas sobre os sentimentos e patologias psicológicas como ansiedade, depressão, solidão… A representação visual dos sentimentos dos personagens, principalmente do Rei, toca lá no fundo… são fáceis de entender e introspectivas.

1 SQC825FvLl99WFk2hvfqoAHá um contraste enorme entre o vazio do Rei e a alegria das irmãs Kawamoto. E também entre a primeira temporada e a segunda temporada: enquanto na primeira temporada conhecemos nos afundamos junto ao Rei, na segunda temporada já começamos sentindo a determinação do Kiriyama para evoluir como profissional e pessoa.

Nada aqui é inválido, não existe fillers; até os personagens secundários, inclusive os que devemos detestar, marcam-nos. Não existe ponta solta, todos contribuem para a trama, como o Nikaidou, o Shimada, a Kyouko, dos quais não posso falar aqui para não dar spoiler… Eu tenho certeza que você irá refletir e amadurecer como pessoa se assistir a essa obra.

No Brasil, o anime está disponível para assistir na Crunchyroll. Deixo aqui uma menção honrosa a Momo, a criança mais fofo do anime:tumblr_oi9coadhAy1vcd4r1o1_500


Siga a Brena no instagram!

1 comentário Adicione o seu

  1. Me identifiquei com sua resenha… Expressou tudo desse anime.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s