Trilhas sonoras | Climatizando suas sessões de RPG

Assim como no cinema, as trilhas sonoras tem o poder de nos passar fortes sentimentos  e tornar um feito épico ainda mais impressionante. No RPG não é diferente, e quem costuma jogar com frequência, sabe que uma boa trilha sonora ajuda significativamente na hora de dramatizar uma cena.

Foi pensando nisso, que o Bruno Sobral nos trouxe algumas sugestões de trilhas sonoras para ambientar as suas seções de terror.


Musica: Jen titus – O’ Death


Exemplo de utilidade:

Um homem de meia-idade acorda de repente em um lugar estranho. Uma penumbra encobre o lugar e uma parca luz prata ilumina apenas o seu redor, suas roupas estão molhadas, o terreno onde ele se encontra é arenoso e uma especie de maré vem e vai, molhando seus pés descalços.
Muito confuso, o homem levante e tenta enxergar além da neblina que o rodeia, ele tenta chamar por alguém, mas parece que não há mais ninguém ali com ele. O homem tenta lembrar como chegou ali, o que aconteceu antes dele acordar naquele lugar, mas sua memória está confusa, as ideias se chocando umas contras as outras. – Quem sou eu? onde estou? como cheguei aqui? – O pobre homem se questiona. Até que a neblina começa a de desfazer, e ele enxergar nas águas, se aproximando uma pequena canoa, nela há um ser, coberto com um manto negro, ele rema lentamente como se o tempo não existisse ali.

A criatura chega a marge do que se revela como um rio, ele olha fixamente para o homem e estende a mão coberta por uma luva igualmente negra. O homem, por conta do capuz, não consegue enxergar o rosto do ser misterioso mas pensa que qualquer ajuda que o livre daquele lugar horrendo é bem-vinda, e assim ele sobe a bordo.

– Quem é você? e… onde estamos? O que está acontecendo?- Pergunta o homem ainda sem conseguir enxergar direito.

– Você não lembra? – responde a criatura com uma voz rouca e fazendo um movimento no ar, o ser abre uma janela onde passam algumas imagens de um garoto brincando, o homem ainda sem entender, observa as imagens assustado. Aos poucos as imagens vão ficando cada vez mais familiar, o garoto crescer e as imagens mudam acompanhando a vida daquele garoto até mostra-lo velho, navegando em alto mar, até que uma onda enorme engole o barco onde ele estava e o homem finalmente entende o que aconteceu.

-Você está morto, John! e eu estou aqui para levar-lhe para o outro lado deste rio – Diz a criatura com um tom tranquilo, como se aquilo fosse algo corriqueiro para ela.

-Não, por favor, não me leve, ainda não é minha hora. Eu posso te pagar o que você quiser!

A criatura levanta a cabeça deixando amostra o seu rosto e o homem finalmente enxerga o que nenhum homem vivo jamais sonhou em ver: O pálido rosto da morte!

-Nenhuma riqueza que você possa me oferecer jamais me satisfará, você não é o primeiro que me oferece ouro, prata e joias e também não será o ultimo. Aqui é onde acaba toda e qualquer esperança. É aqui que eu levo a sua alma!

Dizendo essas palavras, a morte o puxa para perto de si e encosta seus gélidos lábios na boca do homem que inerte, aceita seu triste destino, enquanto desaparece no vazio do silencio.


Musica: OST Edward Carnby – Alone in the dark 4

Exemplo de utilização:

– Perfeito para os jogadores terem uma visão “offline através de uma câmera” de uma floresta conhecida por ser mal assombrada que ninguém ousa atravessar.
O narrador pode utilizar de uma visão de dentro da floresta, narrando os perigos da mesma como por exemplo: lycantropos, aberraçoes, mortos-vivos e etc…
A espreita ou se movendo furtivamente entre as arvores. E no final o narrador termina mostrando onde os jogadores se encontram.


Musica: Amnesia – Brute Theme

Exemplo de utilização:

perfeito para situações onde os jogadores estão sendo perseguidos ou atacados por uma ou mais criaturas que eles tem dificuldade de ver em uma floresta ou uma casa abandonada.


Musica: Two Steps From Hell – Flashes of Terror

Exemplo de utilização:

depois de uma batalha onde o inimigo fugiu, o NPC ou PJ tem sonhos estranhos depois de ter sido atingido por algumas magias do mago rival. Esses sonhos sempre mostram ele e o grupo sendo caçados e mortos e ele sempre é o ultimo a sobreviver.

A duvida é: – Eu não sei a quanto tempo estou dormindo, seria isso uma ilusão, um tormento ou eu realmente estou revivendo esses momentos como uma terrível maldição?


Espero que tenham curtido nossa seleção de trilhas, conta pra gente nos comentários quais as trilhas que vocês mais curtem utilizar nos momentos de terror. Vamos criar uma grande playlist só com sugestões de vocês!

Assinatura_Crônicas - Bruno

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s